Your SEO optimized title

Artigo investimentos 2

Como saber o tipo de investidor que você deve ser

Começar no negócio de investir é muito mais fácil do que costumava ser. Então está melhorando as possibilidade de retornos se você já investir. O campo não é mais restrito às instituições financeiras ricas ou grandes. Cada vez mais, todos os dias, pessoas como mães, pais, estudantes e até mesmo crianças estão experimentando o que costumava ser o playground exclusivo dos ricos.

No entanto, antes de mergulhar no que é um mundo muito empolgante e financeiramente compensador, você deve avaliar que tipo de investidor você realmente quer ser. Nesse trinta anos em que venho acompanhando e estudando este mercado, tenho visto pessoas que não responderam a essa pergunta ir e vir, e ultimamente isto vem acontecendo com uma frequência alarmante.

Pense nisso por um segundo…. Você realmente pensou sobre o que você precisa fazer para começar a criar um futuro sólido para você e sua família? Se não, você precisa considerar seriamente qual tipo de estilo de investimento seria melhor para sua posição.

Tipos de investidores

Os compradores e detentores da comunidade depositam seu dinheiro em ações que consideram valiosas e as mantêm em expansões de 1 a 50 anos. Este estilo de investimento é mais adequado para pessoas que são de longo prazo, orientadas pela natureza, não estão à procura de um lucro rápido e estão atentas às boas empresas. O mais famoso proponente de tal abordagem é o segundo homem mais rico do mundo, Warren Buffet, então você poderia dizer que não é um estilo tão ruim.

O day trading é o oposto da abordagem buy and hold e envolve indivíduos que compram e vendem ações em um período muito curto, geralmente no mesmo dia. Se você tem muito tempo e está preparado para observar os movimentos do mercado com muita atenção, essa abordagem pode ser para você.

A próxima coisa que você precisa analisar é que tipo de análise você deseja conduzir nas ações que você está considerando. Geralmente existem duas escolas de pensamento, sendo uma fundamental e outra técnica. Você sempre encontrará pessoas usando uma ou outra, mas faz mais sentido incorporar uma mistura.

Os fundamentalistas tendem a olhar para os lucros das empresas, direção de gestão, planos futuros / perspectivas de crescimento, a economia como um todo e fatores econômicos e de negócios semelhantes.

Enquanto aqueles com um fundo matemático ou científico podem olhar para gráficos de preços de ações empregando várias técnicas de análise, índices, indicadores e tendências para identificar quais ações eles querem olhar mais.

Você deve perceber que confiar inteiramente em um ou outro não é a coisa mais sensata a se fazer. Por exemplo, um gráfico que tenha todas as indicações de que um compartilhamento será uma boa opção para o futuro é inútil se a empresa for declarar falência. Como mencionei anteriormente, uma mistura dos dois deve ser considerada.

Quando você está decidindo que tipo de investidor você quer ser, uma das considerações mais importantes é o seu limite de risco. Em outras palavras, o quanto você está disposto a perder. Isso novamente terá um impacto sobre o estilo de investimento que você escolher e também terá um relacionamento com o nível de retorno que você pode estar procurando.

Os investidores vêm em muitas formas e não há um caminho certo ou errado. Coisas diferentes funcionam para pessoas diferentes. É vital que você decida qual método melhor se adequa a você e se atenha a esse método.

Se ainda não está bem familiarizado com o mundo dos investimentos, sugiro que faça um curso mesmo que seja online sobre isto. Existem muitos cursos bons, inclusive sito o da Fundação Bradesco.

Paulo Ávila

 

Prominas